fbpx

Chuchar e os dentes – que implicações? como deixar?

Sempre que falo em chuchar no dedo ou em chupeta vejo em muitos pais a cara de desespero. Muitos deles porque sabem que a determinado momento é prejudicial mas não sabem como ajudar os filhos a deixar este hábito. Ainda há poucos dias falava com uma mãe que me dizia: “eu sei que a minha Carolina tem que deixar a chupeta, mas ela só usa à noite…e já tentámos tirar e é uma choradeira”…pois bem mães preparem-se porque não é fácil… Mas leia este artigo para saber os melhores truques!

Antes de mais é preciso termos consciência que chuchar é natural para os bebés. Sejam os polegares, dedos, chupetas ou outros objetos, a sucção ajuda os bebés a sentirem-se seguros e felizes. Como chuchar no dedo é relaxante, pode ajudá-los a adormecer e por isso a Carolina pedir a chupeta só à noite…

Chupeta ou dedo?

Os bebés chucham mesmo quando não estão com fome (um reflexo natural chamado sução não nutritiva) para prazer, conforto e segurança. De fato, alguns bebés começam a chuchar nos dedos ou polegares antes mesmo de nascerem.

chuchar

 

No debate entre chupeta e polegar, a American Association of Pediatric Dentistry vota nas chupetas para confortar os recém-nascidos. O hábito da chupeta é mais fácil de eliminar em idade mais precoce.

chupeta

Cuidados com a chupeta:

  • Nunca mergulhe a chupeta em mel ou algo doce antes de dar ao bebé.
  • Nunca coloque a chupeta no berço ou no corpo da criança com uma corda, fita ou cordão.
  • O escudo da chupeta deve ser mais largo que a boca da criança. Interrompa o uso se a criança puder encaixar a chupeta inteira na boca.
  • Inspecione as chupetas com frequência em busca de sinais de desgaste ou deterioração; descarte se estiver pegajosa, inchada
    ou rachada.
  • Nunca deixe uma criança desacompanhada com chupeta na boca ou a dormir com a chupeta.
  • Nunca substitua a tetina de um biberão por uma chupeta.

 

Quanto mais cedo o hábito de sucção for interrompido, menor a probabilidade de levar a problemas de dentes tortos e maxilares pouco desenvolvidos.

Dedos ou chupeta tudo pode afetar os dentes essencialmente da mesma maneira. Se uma criança chuchar repetidamente um dedo, uma chupeta ou outro objeto por longos períodos de tempo, os dentes de leite ou permanentes da frente superiores podem inclinar-se para fora ou não nascer na posição correta. Além disso e devido a essa alteração outros dentes e até mesmo a posição da mandíbula podem sofrer alterações.

Algumas alterações orais causadas pelos hábitos de sucção continuam mesmo após a interrupção do hábito. A sucção prolongada pode criar dentes tortos ou problemas de mordida. As primeiras visitas ao dentista fornecem aos pais informações para ajudar os seus filhos a parar os hábitos de sucção antes que eles afetem a dentição permanente em desenvolvimento.

O odontopediatra pode encorajar a criança a parar um hábito de sucção e discutir o que acontece com os dentes e a boca se a criança não parar. Este conselho, juntamente com o apoio dos pais, ajuda muitas crianças a desistirem. Se esta abordagem não funcionar, o odontopediatra pode recomendar técnicas de modificação de comportamento ou um aparelho que sirva como lembrete para as crianças que querem parar os seus hábitos.

 

Truques infalíveis para deixar de chuchar no dedo:

  • Elogie-os por não chucharem no dedo
  • Não os repreenda por chuchar no dedo.
  • As crianças costumam chuchar no dedo quando se sentem inseguras ou precisam de conforto. Concentre-se no motivo pelo qual o seu filho está ansioso conforte-o.
  • Para crianças mais velhas, envolva-as na escolha de como parar de chuchar no dedo.
  • O médico dentista pode ser uma peça fundamental ao motivar os seus filhos. Ele explica o que pode acontecer com os dentes se eles não pararem de chuchar no dedo.
  • Se estas dicas não funcionarem, lembre-o do hábito. Pode envolver o polegar em adesivo ou colocando uma meia na mão à noite.
  • O médico dentista pode prescrever uma medicação amarga para colocar no dedo. Além disso pode também sugerir o uso de um aparelho para a boca.

chuchar bebé

 

Geralmente as crianças param de chuchar no dedo entre os 2 e os 4 anos de idade ou quando os dentes da frente estão prontos para romper as gengivas.

 

Se notar alterações nos dentes do seu filho ou estiver com dificuldades em eliminar o hábito de sucção, quer dedo ou chupeta, fale com o seu médico dentista, ele pode ajudar!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *